)Sarau(

Alta imagem / poesia contemporânea brasileira; Jarid Arraes;

Jarid Arraes

 

 

 

 

 

 

Alta imagem

o espelho mente pra mim
a marca da mandíbula
aparente
mente
não combina com a foto
a luz sobre o rosto
contra a pele

meus olhos me enganam
só reparam nos lábios
escuros
nos cachos
modelados
e a pupila joga
conta uma história
que não se prova
que não se sente

sinto a inversão
dos clichês de sempre

no vidro
contemplada
acredito em mim mesma
escuto
essa voz
que me diz gentilezas

no mundo
real
os ângulos somem
caídas, nos joelhos
as verdades
aparecerem
é o espelho
que me ilude
mas as lentes
me perseguem.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

+++

ilustração de rodrigo caldas

+++

JARID ARRAES é escritora, cordelista, autora de As Lendas de Dandara e Heroínas negras brasileiras, além de mais de 60 títulos em literatura de cordel. Como boa caçadora de sarna para se coçar, escreve poesia, sobretudo as eróticas. Criou o Clube da Escrita Para Mulheres porque acredita em novas lógicas e caminhos diferentes. Coleciona tatuagens, musicais e livros escritos por mulheres negras. Contato: jaridars@gmail.com. Facebook: Jarid Arraes.

+++

RODRIGO CALDAS nasceu em Belém do Pará, mas reside em São Paulo. Analista de sistemas, baterista da banda paulistana Bazar Pamplona e estudioso de desenhos, pinturas e arte sequencial.  Fanático por filmes de terror, action figures e histórias em quadrinhos.  Adora dançar “Cheek to Cheek” com a esposa e passear com Bruce, seu bat-cão. Atualmente está trabalhando no seu projeto autoral de história em quadrinhos. Instagram: Rodrigo Caldas. Facebook: Rodrigo Caldas.

  • 03- Mãos Vazias

06/08/2017